Como se tornar um engenheiro de design de produtos
Design

Como se tornar um engenheiro de design de produtos

Já olhou para um produto com design brilhante, como um utensílio de cozinha de última geração, uma garrafa de água autolimpante ou um quadro de arte digital interativo, e pensou: "Eu poderia ter criado isso"?

Você percebe que esses produtos não funcionam apenas bem - eles combinam perfeitamente forma e funcionalidade para resolver problemas reais com estilo e eficiência. Eles despertam fascínio e interesse na forma como são criados.

Entretanto, seu entusiasmo pode diminuir quando você se depara com obstáculos assustadores, como não saber por onde começar, quais habilidades são essenciais e como entrar no competitivo campo da engenharia de design de produtos.

Se você deseja construir uma carreira em engenharia de design de produtos, este artigo detalhará a função de um engenheiro de design de produtos, incluindo as responsabilidades do cargo e as habilidades necessárias.

O que é um engenheiro de design de produtos?

Um engenheiro de design de produtos conceitua, projeta e desenvolve novos produtos combinando conhecimento técnico com solução criativa de problemas. Seu trabalho afeta diretamente a inovação e a funcionalidade de produtos em vários setores.

Os designers de produtos geram ideias com base em pesquisas de mercado e necessidades dos usuários, criam designs e protótipos abrangentes usando software de design assistido por computador (CAD) e realizam análises de engenharia, como análise de elementos finitos (FEA) e dinâmica de fluidos computacional (CFD), para garantir que o produto atenda às especificações e aos padrões do setor.

Além de suas responsabilidades técnicas e criativas, os engenheiros de design de produtos colaboram estreitamente com outros departamentos, como o de marketing, design gráfico a empresa tem um sistema de gerenciamento de produção, manufatura e cadeia de suprimentos para garantir a eficiência da produção e a prontidão do mercado.

A função de um gerente de design de produto

Enquanto um engenheiro de design de produto se concentra nos aspectos técnicos e detalhados do design e da construção de produtos, um gerente de design de produto supervisiona todo o processo. Ele estará envolvido do início ao fim e poderá até participar de alguns aspectos técnicos, como a criação de especificações de projeto.

Os designers e engenheiros de produtos entendem profundamente os produtos da empresa, as exigências dos clientes e os custos de produção. Eles orientam o processo de design ágil e garantir que a equipe esteja alinhada com os objetivos comerciais.

Um gerente de design de produto é responsável por várias tarefas cotidianas, incluindo:

  • Liderar e colaborar com uma equipe de designers e engenheiros para integrar recursos e funcionalidades relevantes para um produto final funcional e esteticamente agradável
  • Criar modelos 3D e 2D, projetos, montagens, desenhos, listas de materiais (BoMs) e pacotes de projeto conceitual do cliente, especialmente em um processo de fabricação
  • Orientar e treinar designers juniores para que desenvolvam suas habilidades, promovendo um ambiente colaborativo e garantindo o crescimento e o desenvolvimento da equipe
  • Realização de cálculos e simulações de engenharia para garantir a funcionalidade e a durabilidade do produto
  • Um designer industrial desenvolve e mantém padrões e diretrizes de design para garantir a consistência entre os produtos
  • Analisar e resolver problemas relacionados ao design em todo o processo de produçãoprocesso de desenvolvimento de produtos seguindo os princípios de engenharia
  • Realização de testes de usabilidade e coleta de feedback do usuário para refinar e aprimorar os projetos de produtos
  • Realização de análise de elementos finitos (FEA) para garantir a integridade do projeto
  • Manutenção e atualizaçãodocumentação técnica e arquivos de projeto
  • Garantir a conformidade com os padrões de segurança, qualidade e regulamentares
  • Um engenheiro e gerente de produtos também projetacronogramas de projetosorçamentos e recursos

Habilidades necessárias para um gerente de design de produto: O que os aspirantes a designers de produtos podem aprender

Percorrer o caminho para se tornar um gerente de design de produtos de alto nível requer uma rica combinação de habilidades em demanda, desde a compreensão da dinâmica do mercado e o estímulo à adaptabilidade até o domínio da análise de dados e a promoção de liderança de equipe .

Vamos explorar as cinco habilidades necessárias que você deve cultivar para ter uma carreira bem-sucedida e de longo prazo na engenharia de design de produtos.

1. Pensamento estratégico

Você consegue visualizar as etapas imediatas de um produto e desenvolver uma visão abrangente e de longo prazo que oriente sua inovação?

No centro da engenharia de design de produtos está sua capacidade de criar produtos que atendam às demandas atuais do mercado e se alinhem às metas de longo prazo e à visão estratégica da empresa.

Isso significa que cada recurso criado e atualização lançada deve contribuir para o objetivo do produto. Para cultivar o pensamento estratégico, realize uma série de Análises SWOT, combinando pensamento analítico e crítico com lógica indutiva e dedutiva.

Essa abordagem o leva a entender a missão do produto, seu lugar no mercado e como ele pode evoluir para atender às necessidades de mudança dos usuários.

Raciocínio dedutivo

via Academia Enago Opte por uma Escola de Produtos gratuita Microcertificação em estratégia de produtos (PSC) ™️ para saber como definir um roteiro de design de produto, estabelecer OKRs e comunicar o plano às partes interessadas para melhorar o alinhamento da marca.

2. Análise de dados

Na era do Big Data, a capacidade de analisar e extrair insights de conjuntos de dados é fundamental. Como gerente de design de produtos, você deve ser hábil em transformar grandes quantidades de interações de usuários, métricas de desempenho e dados de mercado em insights acionáveis.

Você deve ser capaz de identificar e monitorar KPIs e métricas configurar e interpretar testes A/B e usar ferramentas de análise como o Google Analytics para monitorar o comportamento do usuário.

Para aprimorar suas habilidades de análise de dados, considere a possibilidade de se inscrever em cursos on-line com foco em ferramentas e técnicas essenciais, incluindo SQL, Python e Excel.

Considere a possibilidade de aprender softwares como o Tableau ou o Power BI para criar relatórios significativos visualizações de dados que podem ajudar a comunicar os insights aos membros da sua equipe e às partes interessadas. Essas ferramentas também o equiparão para basear seus refinamentos de design em dados sólidos em vez de intuição.

Participe de hackathons para aplicar a análise de dados em cenários do mundo real e observe como outros profissionais lidam de forma criativa com problemas complexos usando sua experiência prática.

3. Liderança de equipe

Mesmo que você tenha uma estratégia robusta de design de produto, como designer de produto, você deve ser capaz de motivar, apoiar e conduzir sua equipe em direção ao objetivo comum. Uma forte liderança de equipe envolve a comunicação do projeto e de como cada membro da equipe contribui para alcançá-lo.

Use Software de gerenciamento de produtos ClickUp para definir funções, responsabilidades e resultados esperados para cada tarefa e acompanhar o progresso. Ao definir claramente suas responsabilidades na plataforma ClickUp, você pode capacitar os membros da equipe a se apropriarem do trabalho.

Reconheça suas realizações usando a ferramenta integrada do ClickUp modelos de rastreamento e definição de metas e métricas de desempenho para ajudá-los a se manterem engajados e motivados.

O ClickUp permite mapear facilmente a visão do seu produto, alinhar sua equipe e acelerar o lançamento do produto no mercado.

Software de gerenciamento de produtos ClickUp

Visualize todo o ciclo de vida de seu produto com o ClickUp Product Management Software

Use o Modelo de desenvolvimento de novos produtos do ClickUp para acelerar os projetos de design de produtos. Ele organiza todo o processo de design, do conceito ao lançamento.

Por exemplo, o Visualização do gráfico de Gantt do ClickUp ajuda a controlar as dependências e os prazos das tarefas.

Com esse modelo, você pode organizar ordenadamente todas as tarefas de design de produto em quatro status: Bloqueado, Concluído, Em andamento e A fazer.

Mantenha o controle dos diferentes marcos e resultados do projeto com o modelo de desenvolvimento de novos produtos do ClickUp

Faça o download deste modelo Use modelos de gerenciamento de produtos para armazenar informações sobre itens de ação específicos relacionados ao seu produto e encontrá-las facilmente.

Desde um lançamento bem-sucedido até novas iterações, controle de bugs e feedback do cliente, esses modelos pré-criados modelos de lançamento de produtos são usados por gerentes de produtos com visão de futuro para fazer um progresso sério.

4. Negociação e resolução de conflitos

Um dia na vida de um gerente de produto não está livre de lidar com opiniões e interesses diferentes. De fato, em ambientes colaborativos, o conflito é inevitável.

Uma habilidade fundamental que um engenheiro de design de produto bem-sucedido precisa ter é a capacidade de resolver conflitos de equipe lidar de forma construtiva com as partes interessadas, incluindo membros da equipe, parceiros externos e a liderança.

Você deve justificar diplomaticamente os recursos, os cronogramas e as prioridades enquanto articula uma visão de design.

Como dominar as valiosas habilidades de negociação e resolução de conflitos?

  • Inscreva-se em workshops com o objetivo de aprimorar suas habilidades analíticas e interpessoais para que você possa mudar a narrativa e avançar para a colaboração com facilidade
  • Leia livros sobre negociação, comoGetting to Yes (Chegando ao Sim) de Fisher e Ury
  • Aprenda a manter a calma durante conflitos e pratique a respiração profunda e a atenção plena

5. Solução criativa de problemas

A engenharia de design de produtos resolve problemas, desde pontos de dor do usuário até desafios técnicos, como garantir a alocação ideal de recursos. Entretanto, a abordagem criativa dos gerentes de design de produtos excepcionais para a solução de problemas os diferencia.

Eles pensam fora da caixa e aplicam uma mentalidade analítica para conceber soluções eficazes.

Aprenda a aplicar estruturas específicas, como os Cinco Porquês ou os Seis Chapéus do Pensamento, para resolver problemas de forma mais criativa.

Os 5 Porquês

via EasyRetro Por exemplo, o método dos Cinco Porquês pode ajudar a identificar as razões fundamentais por trás de uma falha de design, enquanto a aplicação dos Seis Chapéus do Pensamento pode promover soluções criativas ao incentivar diversos pontos de vista na equipe de design de produtos.

Os 6 chapéus do pensamento

via Aprendizado BiteSize

Como se tornar um engenheiro de design de produto ou designer de produto

Aqui está uma abordagem passo a passo para aspirantes a designers de produtos que estão embarcando nessa carreira:

1. Estabeleça uma base educacional sólida

O primeiro passo para se tornar um engenheiro de design de produtos bem-sucedido é estabelecer uma base educacional sólida.

Normalmente, é necessário um diploma de bacharel em manufatura, design industrial, engenharia mecânica, fundamentos de produtos de sistemas elétricos ou em uma área relacionada. Cursos de ciência dos materiais, design assistido por computador e desenvolvimento de produtos fornecerão as habilidades técnicas necessárias para essa função.

Como a engenharia de design de produtos geralmente abrange muitos setores, seus interesses específicos e sua experiência em design de produtos são essenciais objetivos de carreira podem determinar sua especialização.

Por exemplo, uma graduação em engenharia de software pode ser a melhor opção para o desenvolvimento de produtos de software.

Da mesma forma, você pode se especializar ainda mais fazendo um mestrado focado em um aspecto específico da engenharia de projeto ou Desenvolvimento ágil de produtos . Por exemplo, se você estiver interessado em design sustentável, pode fazer um mestrado em engenharia ambiental.

Um mestrado pode abrir portas para campos de nicho e torná-lo um candidato mais atraente para funções específicas no setor. Ele também pode ajudá-lo a subir na carreira mais rapidamente, qualificando-o para cargos de nível sênior e permitindo que você busque um salário mais alto para engenheiro de projeto de produto.

2. Complemente seu diploma com experiência de trabalho relacionada ao setor

A maioria das empresas prefere candidatos a emprego com experiência prática ou um portfólio sólido com o tipo de produtos com os quais trabalham.

Se você está apenas começando como engenheiro de projeto de produtos ou almejando cargos de nível básico, comece fazendo estágio em diferentes empresas para obter experiência prática.

Um bônus: você também terá a oportunidade de aprender diretamente com profissionais experientes e trabalhar com ferramentas padrão do setor.

Por exemplo, consiga um estágio em uma empresa como a Apple ou a Dyson para experimentar o desenvolvimento de produtos no setor de tecnologia ou de bens de consumo.

Trabalhe em um estágio de educação cooperativa em um fabricante de automóveis como a Tesla para obter insights sobre design e engenharia automotiva.

Pesquise e candidate-se por meio de seus portais oficiais de carreira ou aproveite as oportunidades de networking por meio de associações profissionais e serviços de carreira universitária.

Os estágios também podem se converter em ofertas de emprego, permitindo que você expanda sua rede profissional desde o início.

Os Modelo de busca de emprego do ClickUp pode tornar sua busca de emprego mais organizada e eficiente, garantindo que você fique por dentro de todas as oportunidades e requisitos.

Você pode criar listas diferentes para empresas nas quais está interessado, para as quais está sendo entrevistado e para as quais já se candidatou.

Mantenha-se em dia com sua busca de emprego usando o modelo de busca de emprego do ClickUp

Faça o download deste modelo Acompanhe o progresso de cada aplicativo, defina lembretes de acompanhamento e gerencie tarefas relacionadas a preparação para entrevistas atualizar seu currículo e fazer contatos.

Com campos personalizáveis, você também pode adicionar notas sobre o processo de entrevista de cada empresa, incluindo os perguntas comuns da entrevista de gerente de produto , contatos importantes e feedback recebido. Isso garante que você tenha todas as informações necessárias durante sua busca de emprego.

3. Nunca pare de atualizar seu conjunto de habilidades técnicas

O design de produtos evolui continuamente com as tecnologias emergentes, o que torna fundamental trabalhar continuamente em habilidades técnicas que possam ser aplicadas em um ambiente de trabalho.

Por exemplo, compreender os processos de fabricação e a ciência dos materiais é essencial, pois esses fatores influenciam as decisões de design. Por outro lado, as habilidades em impressão 3D e tecnologias de prototipagem podem ser valiosas se você quiser elevar o design gráfico para o próximo nível .

Dicas para os designers de produtos se aperfeiçoarem:

  • Realizar bootcamps todos os anos para preencher as lacunas de conhecimento
  • Inscreva-se em aulas autônomas ou master classes na Udemy, Coursera ou sites comoMaven com cursos de produtos ministrados por especialistas do setor

4. Crie seu portfólio para mostrar seus recursos

Independentemente do seu setor, ter um portfólio é essencial como engenheiro de design de produtos para mostrar sua amplitude de experiência e capacidade de aplicar o pensamento de design em diferentes contextos.

O ideal é que seu portfólio inclua vários projetos, desde tarefas pessoais até trabalho autônomo ou voluntário.

Use o Modelo de portfólio de design ClickUp para mostrar seu portfólio profissional e criar confiança com clientes em potencial.

Quer você trabalhe como freelancer ou em equipe, esse modelo personalizável permite inserir detalhes importantes, como resultados, cronogramas e membros da equipe, e compartilhar relatórios de progresso com as partes interessadas em tempo real.

O modelo de portfólio de design do ClickUp torna mais fácil do que nunca a criação de um portfólio profissional que se destaca da multidão

Faça o download deste modelo Dicas para criar um portfólio de design de produtos:

  • Se estiver procurando um estágio, inclua projetos de design realizados como parte do curso
  • Como um designer de produtos experiente, inclua seu portfólio com novos projetos e estudos de caso que destaquem o crescimento e o impacto de seu trabalho - ideal para consultoria especializada e oportunidades de freelancer
  • Apresente seu portfólio em seu website com ofertas sobre seus projetos, pontos problemáticos, depoimentos e resultados - adicione elementos multimídia, como vídeos, protótipos e gráficos, para torná-lo mais envolvente

5. Reserve tempo para certificações profissionais e shows de networking

Embora a maioria dos empregos de nível inicial não exija licenciamento, isso pode beneficiar o avanço na carreira. Considere a possibilidade de obter certificações profissionais, como a Certified SolidWorks Professional (CSWP) ou credenciais específicas de outro software CAD.

Por exemplo, obtenha uma certificação Certified SolidWorks Associate (CSWA) para incrementar seu currículo e demonstrar proficiência no padrão do setor software de design de produtos .

Participe de associações profissionais, como a Industrial Designers Society of America (IDSA) ou a The Institution of Engineering Designers (IED), para se relacionar com outros designers, manter-se informado sobre as tendências do setor e encontrar oportunidades de emprego.

Superando os desafios ao entrar na engenharia de design de produtos

A entrada no campo da engenharia de design de produtos vem acompanhada de vários obstáculos exclusivos que podem impedir o progresso, mesmo para os indivíduos mais entusiasmados e qualificados, incluindo

1. Complexidade interdisciplinar

A engenharia de design de produtos exige conhecimento em vários domínios, como design, engenharia, interface do usuário/experiência do usuário (UI/UX) e tendências de mercado. Embora a manobra entre essas áreas possa ser desgastante, ela é essencial para a criação de produtos de sucesso.

Cursos individualizados e certificações de design discutidas acima ajudam você a desenvolver um sólido conhecimento básico.

Além disso, busque orientação de profissionais experientes com um conjunto de habilidades mais amplo e que possam orientar a integração dessas disciplinas.

2. Acessibilidade de recursos e ferramentas

Acesso a recursos de alta qualidade ferramentas de design de produtos e recursos podem ser uma barreira se você estiver operando em ambientes com poucos recursos ou se for novo nesse campo.

Aproveite o software de código aberto e as plataformas on-line, como:

  • Krita para pintura e ilustração de produtos digitais
  • FreeCAD, um modelador 3D paramétrico, para fins de engenharia
  • Pencil Project, uma ferramenta de prototipagem de GUI de código aberto para criar maquetes e wireframes

O trabalho em rede também pode abrir portas para recursos e laboratórios compartilhados. O crowdfunding ou a associação a espaços para criadores pode proporcionar acesso a equipamentos ou ferramentas mais caros - por exemplo, o Adobe Creative Suite, que tem um preço elevado.

3. Equilíbrio entre inovação e viabilidade

O fato de ter uma ideia na cabeça não significa que ela se traduzirá automaticamente em um projeto ou design bem-sucedido. Como engenheiro de design de produtos, você deve equilibrar a inovação com os aspectos práticos da produção e da viabilidade do mercado.

Essa mentalidade, entretanto, pode sufocar a criatividade. Uma maneira inteligente de evitá-la é desenvolver protótipos de baixa fidelidade para testar e iterar suas ideias. Use Ferramentas de IA para design ou impressão 3D para criar modelos físicos e virtuais dos produtos que você tem em mente.

Os ciclos regulares de feedback com usuários em potencial e partes interessadas podem fornecer insights valiosos, garantindo que sua ideia permaneça fundamentada na realidade e se alinhe às necessidades dos usuários e às demandas do mercado.

Benefícios de ser um engenheiro de design de produtos

Os benefícios a seguir destacam a natureza gratificante da carreira de engenheiro de design de produtos e podem servir de motivação para profissionais aspirantes:

1. Satisfação criativa

A engenharia de design de produtos combina conhecimento técnico com criatividade. Imagine a emoção de conceber e desenvolver produtos do zero, cada projeto um desafio único - seja um dispositivo médico que salva vidas ou o mais recente gadget para o consumidor.

Ver seus projetos visionários ganharem vida e se tornarem parte integrante da vida cotidiana das pessoas pode ser altamente satisfatório.

2. Financeiramente gratificante

De acordo com o Bureau of Labor Statistics, o demanda por engenheiros de design de produtos está projetada para crescer 2% até 2032.

Embora possa parecer mais lento do que a taxa média de crescimento de outras ocupações, o salário médio do engenheiro de design de produtos é notavelmente alto, US$ 164.639 por ano nos EUA, o que reflete as habilidades especializadas e o conhecimento necessário nesse campo.

Além disso, você tem a flexibilidade de trabalhar em uma ampla gama de setores, como software, automotivo, eletrônico, bens de consumo e saúde - cada um oferecendo oportunidades financeiras exclusivas e potencial para carreiras lucrativas.

3. Prototipagem e iteração

A fase de prototipagem é uma das partes mais empolgantes de ser um engenheiro de design de produtos. Você pode criar protótipos físicos de seus projetos, testá-los e fazer iterações com base no feedback.

Essa abordagem prática permite que você veja suas ideias tomarem forma e as refine até que estejam prontas para a produção, proporcionando um forte senso de realização.

4. Impacto no sucesso da empresa

Sua função contribui diretamente para o sucesso comercial de uma empresa. Produtos bem projetados podem diferenciar uma marca em um mercado lotado, impulsionar as vendas e aumentar a fidelidade do cliente.

Saber que seu trabalho tem um impacto enorme nos resultados e na reputação da empresa pode ser incrivelmente motivador e gratificante.

Os melhores designers de produtos combinam criatividade e funcionalidade para transformar vidas

O mundo precisa de solucionadores de problemas, e o mercado de trabalho valoriza muito as pessoas que conseguem identificar problemas e desenvolver soluções eficazes. Como engenheiro de design de produtos, você pode atender a essa demanda e moldar o mundo com seus projetos inovadores.

O caminho pode ser desafiador, mas o sucesso nessa área é possível com dedicação e trabalho árduo. O desenvolvimento de uma ampla gama de habilidades, incluindo conhecimento técnico, habilidades interpessoais, como comunicação e perspicácia comercial, o ajudará a se tornar um fantástico engenheiro de design de produtos.

Além disso, é essencial se familiarizar com o uso de uma ferramenta integrada, como o ClickUp, para gerenciar as grandes ideias, as comunicações, as tarefas e os projetos da sua equipe em um local centralizado, sem a pesada carga administrativa ou as transferências manuais.

Crie seu primeiro ClickUp Workspace para ver a diferença. Registre-se no ClickUp gratuitamente agora.